Portes gratuitos para encomendas a partir de 50€ (Clientes finais Portugal).

Entregas em 48-72 horas (dias úteis)

Passiflora (Passiflora incarnata L.)

Jun 15, 2023

Passiflora incarnata flor sedativo

Nomes comuns Wild Passion Flower, Maypop (EN), Passiflore (FR), Flor-da-paixão, Maracujazeiro (PT), Passion fruit (Hindi)
Sânscrito Mamataphala,
Nome botânico Passiflora incarnata L. (Passifloraceae)
Parte utilizada Partes aéreas

Distribuição geográfica e habitat – A Passiflora incarnata é uma planta nativa do leste e sul da América do Norte. Cresce nos campos, beiras de estradas, cercas e matas abertas, savanas, pastagens, dunas, em vários tipos de solo e em altitudes até 1.000 metros. Esta e outras espécies da mesma família são amplamente cultivadas pelos seus frutos comestíveis, enquanto outras são cultivadas como ornamentais graças às suas flores espetaculares. É uma trepadeira lenhosa, perene, que pode crescer até 9 m de altura, as folhas são trilobadas, dentadas, de um verde profundo e brilhante, o caule é arroxeado. As flores são perfumadas, roxas por fora e brancas por dentro, os frutos, doces e aromáticos, são em forma de bola ou ovóides, roxos ou amarelo-esverdeados.

A palavra Passiflora vem da palavra latina “Passio” porque em 1529, os conquistadores espanhóis descreveram suas flores como símbolos da “paixão de Cristo”.

Utilização – A Passiflora incarnata é uma planta há muito usada pelos nativos americanos. Os Cherokee do Tennessee designam-na de ocoee; o rio Ocoee e o vale recebem o nome desta planta, que é a flor silvestre do estado do Tennessee. Há milhares de anos que esta planta é um alimento básico e uma planta medicinal para aquela tribo.

Tem um longo historial de utilização na medicina tradicional à base de plantas para o tratamento de insónia e ansiedade na Europa, e tem sido usado como chá sedativo na América do Norte. Além disso, esta planta tem sido usada para fins analgésicos, antiespasmódicos, antiasmáticos, vermífugos e sedativos no Brasil; como sedativo e narcótico no Iraque; e para o tratamento de distúrbios como dismenorreia, epilepsia, insónia, neurose e neuralgia na Turquia. Na Polónia, esta planta tem sido usada para tratar a histeria e neurastenia; na América, tem sido usado para tratar diarreia, dismenorreia, neuralgia, queimaduras, hemorroidas e insónia ;para curar indivíduos afetados por dependência de opiáceos na Índia.

De acordo com a Comissão E do Conselho Consultivo Científico do Instituto Federal do Medicamento e dos Dispositivos Médicos Alemão, a Passiflora incarnata está indicada para irritabilidade, distúrbios do sono e agitação nervosa e no British Herbal Compendium para tratamento de casos de dismenorreia, nevralgia e taquicardia nervosa


Utilização tradicional em Ayurveda– No âmbito da Medicina Ayurvédica, esta planta é mencionada nos escritos médicos antigos como um apoio promissor para a impotência masculina, declínio na libido em mulheres pósmenopausa, irregularidades menstruais. Neste contexto, é ainda uma das plantas utilizadas em diversas fórmulas como sedativo, ansiolítico e hipotensor.

Rasa (sabor): amargo                                                                                                                                              Virya (energia): arrefece
Vipaka (efeito pós-digestivo): picante
Doshas: aumenta Vata e reduz Pitta e Kapha


Nota importante: A informação que levamos até si é elaborada com o maior cuidado e rigor, No entanto, com a mesma não se pretende diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença e a mesma não substitui a avaliação e diagnóstico efetuados por um Profissional de Saúde.

 

 

Artigos Relacionados

0
    Carrinho
    Carrinho vazioVoltar à loja