Portes gratuitos para encomendas a partir de 50€ (Portugal).

Entregas em 48-72 horas (dias úteis)

Pais com fome à hora da refeição=maiores porções servidas a crianças pequenas

Jul 15, 2016

Quanto a maior a fome sentida pelos pais antes das refeições, maior é a probabilidade de servirem uma porção maior do que a necessária às suas crianças pequenas – o que poderá ter sérias implicações em termos de obesidade infantil, de acordo com um estudo conduzido na Universidade da Florida.

Este pequeno estudo foi conduzido com base numa amostra de 29 crianças, com idades compreendidas entre os 3 e os 6 anos, e das suas mães. No âmbito deste estudo, os investigadores pediram às mães para quantificar a sua fome, bem como a dos seus filhos, antes da refeição. De entre as mulheres obesas ou com excesso de peso, aquelas que classificaram a sua fome como elevada, partiram do princípio que também as suas crianças tinham muita fome e serviam-lhes uma porção de comida maior. Os resultados deste estudo foram publicados na edição de Junho do Journal of Human Nutrition and Dietetics.

“Uma vez que as crianças mais pequenas têm dificuldade em perceber quando estão satisfeitas, quanto mais comida lhes for oferecida à hora da refeição, maior é a probabilidade de a comerem toda”, refere a investigadora principal Sarah Stromberg, uma estudante de doutoramento em psicologia clínica, do departamento de saúde e psicologia clínica da UF College of Public Health and Health Professions, parte da UF Health.

O estudo foi concebido para perceber quais os factores que estão na base da quantidade de comida que os pais oferecem às suas crianças pequenas. “Se conseguirmos identificar esses factores, poderemos intervir no sentido de ajudar os pais a oferecerem porções mais apropriadas para crianças pequenas, o que, em princípio, lhes proporcionará uma vida mais longa, apoiada em hábitos alimentares saudáveis”, referiu o orientador David Janicke, Ph.D., professor de psicologia clínica e da saúde.

Stromberg e Janicke referem, no entanto, que, devido à pequena dimensão da amostra, os resultados deste estudo são preliminares. Uma pesquisa futura deverá ser conduzida com um número maior de participantes e deverá monitorizar as calorias consumidas pelas crianças durante o dia todo e não só durante uma refeição, como neste estudo. Adicionalmente os investigadores deverão observar os pais e respectivas crianças em casa, no seu ambiente familiar, ingerindo as refeições habituais, em vez das refeições livres, estilo buffet, disponibilizadas pelos investigadores.

 

Pode ler a informação completa sobre este estudo no original (em inglês) aqui.

Artigos Relacionados

0
    Carrinho
    Carrinho vazioVoltar à loja