Moringa oleifera (Moringa)

por | Jul 12, 2021 | Herbário

Nomes comuns Drumstick tree (Inglês), Mungna (Hindi), Moringa
Sânscrito Sigru
Nome botânico Moringa oleifera (Moringaceae) = Moringa pterygosperma GAERTN., 1791
Parte utilizada: Folhas

Distribuição Geográfica e Habitat – é uma planta arbórea perene originária da zona dos Himalaias, no nordeste da Índia, Afeganistão e Paquistão. Estudos etnobotânicos conferem a esta planta vários usos, sendo os principais: a utilização das suas sementes no tratamento de água, no uso das suas folhas, flores, vagens e grãos das sementes na alimentação como vegetais; é também muito usada na medicina tradicional.

O termo Moringa deriva do nome vernáculo local desta planta: moringo no Malabar, murunga em cingalês e murungai em Tamil. O epíteto oleifera específico vem de oleum, óleo e fero, chumbo: portanto, adequado para a produção de óleo.

Utilização – As folhas podem ser consumidas e são muito ricas em proteínas, vitaminas e sais minerais e têm um sabor ligeiramente picante e agradável mesmo quando cru. Eles contêm 25 por cento em peso de proteínas (mais do que ovos e duas vezes mais do que o leite de vaca), quatro vezes em vitamina A como cenouras, quase oito vezes mais vitamina C que laranjas, o triplo de potássio em bananas. As frutas e as flores também são comestíveis. Das sementes é extraído um óleo que representa um importante recurso para a população: as sementes contêm de 30 a 50% de óleo (azeitonas de 8 a 20%). O óleo extraído contém de 65 a 76% de ácido oleico, a mesma gordura insaturada do azeite. O azeite é doce e saboroso e não fica rançoso. Até as raízes são comestíveis e, como mencionado, têm um sabor picante, como o rabanete. O aroma picante das raízes é mais pronunciado do que o das folhas.


Utilização tradicional em Ayurveda– No texto clássico do Ayurveda, Bhava Prakash, a Moringa é designada de ‘Sigru’ (move-se como uma flecha) e é descrita como tendo a capacidade de penetrar profunda e rapidamente nos tecidos, proporcionando uma desintoxicação profunda.

Rasa (sabor): amargo, picante

Virya (energia): aquece

Vipaka (efeito pós-digestivo): picante

Doshas: equilibra Kapha e Vata, pode aumentar Pitta; em excesso, aumenta Vata.

Nota importante: Com a presente informação não se pretende diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença e a mesma não substitui a avaliação efectuada por um Profissional de Saúde.


Produtos onde pode encontrar esta planta:

Artigos Relacionados

0
    Carrinho
    Carrinho vazioVoltar à loja