Emblica officinalis e acção antioxidante dos seus frutos – Estudo conduzido na Universidade de Bolonha

Jun 30, 2016

 

Emblica officinalis Gaertn. (Phyllanthus emblica L.; Dichelactina nodicaulis Hance; Emblica arborea Raf.; Phyllanthus glomeratus Wall.; Cicca emblica Kurz.; Diasperus emblica Kuntze) é uma árvore de folha caduca, de porte médio a grande, pertencente a um pequeno subgénero da espécie Euphorbiaceae, nativa da Índia, Sri Lanka, Paquistão, Uzbequistão, sudoeste asiático e China.

Em sânscrito, Emblica officinalis tem vários sinónimos: Amalaki (pura, limpa), Dhatriphala (fruto que cuida), Amritaphala (fruto da imortalidade), para nomear só alguns. Todos estes sinónimos indiciam a importância desta árvore no sistema tradicional de medicina indiano, sendo tão venerada na Malásia, que uma cidade e um rio levam o seu nome: Malaca. Os frutos de Emblica officinalis são amplamente consumidos – crus, cozinhados ou sob a forma de pickle, sendo também o ingrediente principal de muitas fórmulas ayurvédicas e um dos mais importantes. De acordo com os principais textos clássicos de Ayurveda, Charaka Samhita Sushrut Samhita, Amalaki é considerada como “das melhores plantas rejuvenescedoras”, “útil em caso de tosse e problemas de pele” e “a melhor de entre os frutos azedos”. 

Durante um longo período, a actividade antioxidante dos frutos de  Emblica officinalis era atribuída ao elevado teor de ácido ascórbico, hipótese que tem vindo a ser colocada em causa.  Foi conduzido um estudo¹ com o objectivo de clarificar o esta matéria, no âmbito do qual foi desenvolvido um método eficaz e fiável de CLAE (Cromatografia líquida de alta eficiência) para a quantificação de ácido ascórbico nos frutos de Emblica officinalis e, em particular, nos frutos de Emblica officinalis processados de acordo com o método ayurvédico. 

Com base neste estudo, realizado na Universidade de Bolonha, foi possível concluir que os frutos de Emblica officinalis contêm ácido ascórbico (0,40%, w/w) e que o método de processamento daqueles frutos em Ayurveda (Svaras Bhavana) potencia as suas propriedades, uma vez que aumenta a sua actividade antioxidante e a concentração de ácido ascórbico (1,28%, w/w).

Com base neste estudo foi ainda possível concluir que a vitamina C, presente nos frutos de Emblica officinalis, é responsável por 45 a 70%  da actividade antioxidante destes.

 

 

¹Vitamin C content and antioxidant activity of the fruit and of the Ayurvedic preparation of Emblica officinalis Gaertn.,

P. Scartezzini (a),∗, F. Antognoni (a), M.A. Raggi (b), F. Poli (a), C. Sabbioni (b)

(a) Faculty of Pharmacy, Department of Biology, University of Bologna, Via Irnerio 42, 40126 Bologna, Italy

(b) Faculty of Pharmacy, Department of Pharmaceutical Sciences, University of Bologna, Via Belmeloro 6, 40126 Bologna, Italy

Journal of Ethnopharmacology 104 (2006) 113–118

2005 Elsevier Ireland Ltd. All rights reserved.
doi:10.1016/j.jep.2005.08.065

Artigos Relacionados

Dia da Mulher

Dia da Mulher

Através do seu modelo de negócio e da sua fundação, a Organic India apoia mulheres que vivem em...

0
    Carrinho
    Carrinho vazioVoltar à loja